Terça-feira, 30 de Junho de 2009

pensamentos...

Hoje passei pelo hi5 de algumas pessoas conhecidas , só para ver as suas caras.apercebi-me de como são felizes. fiquei feliz por elas. embora não me sinta assim ao olhar para a minha própria vida. não vou dizer que não tive coisas boas na vida, mas axo que não vivi intensamente. há muito mais coisas que podia ter feito, aproveitado muito mais e talvez por isso, por não ter vivido, deixei que me passassem para tráz. agora sei que é possível parecer uma velha com 20 e poucos anos. mas isso acabou. que sirva de alguma coisa este abanão que a vida me está a dar. como que a dizer acorda que ainda é tempo! a minha filha é o meu futuro, a minha razão de viver e a minha força, mas não fará mal nenhum se pensar um pouquinho mais em mim, talvez tenha sido esse o mal, amar de mais, dar de mais, respeitar de mais... aos outros.

sinto-me:
tags:
publicado por mena às 23:56

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 24 de Junho de 2009

vidas!!

nesta fase do ano, lá no meu trabalho, faz-se as inscrições das crianças que irão frequentar o ATL no próximo ano, e ao preencher a ficha de inscrição perguntamos o nome dos pais etc. outro dia, antes de sequer sonhar com esta crise da minha propria vida, deparei-me ao fazer uma dessas perguntas para a ficha da criança, com uma mãe embaraçada e com diciculdade em me responder que o pai da criança não era o marido. pois bem, por pouco preconceituosos que sejamos não conseguimos evitar pensar, já vai no segundo marido. o que não pensamos na verdade, e devíamos, é o quão dificil é para aquela mulher lutar com uma sociedade conservadora e preconceituosa. agora que me aproximo de sentir na pele esse preconceito fico com medo, não por mim, mas pela minha filha. conheci uma criança também lá do ATL cuja mãe era divorciada e normalmente o padrasto da menina é que a ia buscar. eu nunca sabia como me referir ao homem á frente da criança. até ao dia em que ela o tratou por pai. e aí é que vem a minha angustia. será que a minha filha vai passar por isso? enevitalvelmente. por muito que me custe, e custa muito podem crer, tenho de começar a pensar que um dia eu serei a mãe mas haverá outra mulher na vida do pai a quem ela poderá vir a chamar de mãe também. o que custa o dobro, porque já não bastava que alguém me retirasse o direito de viver o meu amor, também me vem tirar a exclusividade de ser mãe.

sinto-me:
publicado por mena às 15:37

link do post | comentar | favorito

...

estive longe muito tempo, tempo de mais.

passamos por fazes na vida nas quais damos prioridade a outras coisas mas acabamos sempre por precisar de olhar para dentro de nós de vez em quando e desencaixotar os sentimentos guardados á pressa da falta de tempo ou de diposição.

creio que vou iniciar muito em breve uma nova fase da minha vida. mais dificil mas necessária. espero sair fortalecida dela e renovada também, afinal de contas tenho muito para viver ainda... um quarto de século é pouco tempo! acabo de começar as minhas férias e espero que tenha muitas coisas para partilhar com quem quer que me visite.

 

 

sinto-me:
publicado por mena às 15:33

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
30
31

.posts recentes

. o que perdi...

. Dia de Namorados

. há quanto tempo!

. de volta...

. As boas notícias

. Love is in the air

. O ponto da situação

. há tanto tempo...

. regresso

. livros

.arquivos

. Julho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Maio 2010

. Janeiro 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

.tags

. todas as tags

.favoritos

. homenagem a ti minha mãe!

. i miss you

. como comprar

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds