Quarta-feira, 11 de Abril de 2012

Dia de Namorados

Sei que já passou, mas não resito a partilhar convosco este dia.

 

Quando estamos namoradas e até mesmo casadas, todas fazemos planos como vamos passar este dia, melhor dizendo, a noite, com o nosso mais que tudo. Queremos preparar as surpresas mais originais e fazer tudo para ser especial. Eu não sou muito boa a fazer surpresas, nisso é perito o meu mais que tudo. E por falar nisso este ano não falhou na surpresa e ofereceu-me este lindissimo cestinho... fiquei derretida, pena estar de avental e colher de pau na mão a fazer o jantar se não tinha sido mesmo muito romântico {#emotions_dlg.lol}

 

Mas o melhor de tudo neste dia, foi que afinal tinha 2 namorados e uma namorada e não sabia! Se não reparem no cartão que me trouxe o mais novo, e do bilhetinho que me fez a mais velha ás pressas porque não queria ficar atráz do irmão na declaração de amor.

 

 

Só por isso ja valeu a pena levantar-me da cama de manhã.

 

Também vos amo muito aos 3! 

 

{#emotions_dlg.inlove}{#emotions_dlg.lips}

publicado por mena às 00:46

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 4 de Agosto de 2009

que vida a minha!

Ás vezes penso que vida a minha!

Quando axo que fiz bem... afinal fiz errado. Quando axo que está tudo encaminhado... dou dois passos para tráz. E chego á conclusão que não tenho controlo sobre a minha vida.

Já sei há muito tempo que tudo o que fazemos afecta a vida dos outros, e que tudo o que os outros fazem acaba por afectar a nossa também. Mas mesmo assim insistimos em fazer por um motivo ou por outro... burrices? Talvez! Remédio: fecha-te no teu mundinho assim não ofendes ninguém, ninguém te ofende, não tens que dar explicações a ninguém pelo que sentes ou dizes ou fazes porque contigo só vives tu.

Às vezes até me pergunto se não terei nascido para viver só. Há excepção da minha filha, e essa ainda não tem opção, todos com quem vivi me "abandonaram" de uma maneira ou de outro. Não tenho amigos do peito, daqueles a quem contamos tudo, aqueles que nos ajudam nos momentos mais dificieis. Já os tive, mas acabaram todos por ir ás suas vidas e deixei de me identificar com eles. Tenho família é certo, mas sei que nem sempre o que digo ou faço lhes agrada, e não é muito fácil viver com a reprovação do nosso sangue. tenho colegas de trabalho mas não costumo procurá-los quando estou de férias. Posso até ser uma pessoa de fácil trato e que se dá bem com toda a gente, mas da minha porta para dentro habituei-me a viver sozinha e gosto disso. Mesmo quando vivia acompanhada (sem ser a nês) passava muito tempo sozinha, alguém me pode culpar por sentir falta disso...

 

e já sei que por escrever o que escrevi amanhã ou depois já devo ter recebido mais uma ou duas críticas e alguns pedidos de explicações... fazer o quê!

sinto-me:
publicado por mena às 18:33

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
30
31

.posts recentes

. Dia de Namorados

. que vida a minha!

.arquivos

. Julho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Maio 2010

. Janeiro 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

.tags

. todas as tags

.favoritos

. homenagem a ti minha mãe!

. i miss you

. como comprar

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds